Bom pra tosse

Esse tempo maluco aqui no Rio me fez rever alguns conceitos. Depois de algumas semandas convivendo com uma tosse insistente, me dei conta de que, mais uma vez, o inverno tinha chegado e trouxe a minha velha crise de sinusite.

No consultório onde só apareço em anos bissextos, o médico japonês que me atende foi taxativo: “chá preto com gengibre faz bem, né?”. Chá, Dr. Minei? Eu sempre achei chá uma coisa para perdedores. Bebida quente tem que ser café ou chocolate.

Mas a tosse é insistente e como ando testando qualquer coisa para me ver livre dela fui à seção de chás do supermercado. E um mundo novo apareceu. Chás de todos os tipos, para todos os gostos. Do tradicional chá preto às misturas de frutas vermelhas.

Em saquinhos tudo fica bem mais prático, mas facilitar pra quê? Escolhi o capim-limão fresco. Minha avó não deixava faltar na casa dela. Coloquei na cesta o gengibre e fui pra casa achando que essa combinação não daria certo.

Um pouco das folhas do capim-limão e gengibre – que não foi tão fácil assim de ralar - submersos na xícara  cheia de água quente. Duas colheres de chá de açúcar e pronto. Meu remédio estava devidamente adoçado e pronto para operar o milagre. Não deu muito certo.  A tosse não me abandonou definitivamente, mas acho que criei um novo hábito.

About these ads