Balaio de sabores

Comida quando resolve confundir nossas papilas gustativas não tem jeito. Enquanto a nossa memória afetiva avisa para a língua esperar o do sempre,  novos sabores e texturas criam um mundo novo sob o céu da boca.

Taí o velho queijo com goiabada que não me deixa mentir. Romeu e Julieta sempre foi sobremesa com lugar garantido nas mesas mais tradicionais.

Na minha, os dois perderam espaço. Pelo menos na versão mais conhecida. Romeu e Julieta agora saem da cozinha repaginados. A roupa nova foi idéia da chef Carla Pernambuco. O suflê de goiabada com calda de catupiry é um dos mais pedidos do Carlota, no Rio de Janeiro.

Fácil, fácil, a receita está no livro “Carlota, Balaio de Sabores“. Além dele, mais uma porção de receitas para tentar reproduzir a maravilhosa cozinha do restaurante do Leblon.

Aí vai a receita do suflê:

goiaba.JPG

[[Suflê de goiabada com calda de catupiry]]

Ingredientes

Calda de catupiry
200 ml de leite
100 g de catupiry

Suflê
4 claras
1 pitada de sal
220 g de goiabada pastosa

Calda: misture o leite com o catupiry (1) e leve ao fogo em banho-maria por cerca de 20 minutos. Bata bem com um batedor de arame para ficar uma calda lisa. Deixe esfriar.

Suflê: na batedeira ou com um batedor de arame, bata as claras (2). Quando começarem a ganhar volume, junte o sal e bata até formar picos duros. Aos poucos, adicione a goiabada e misture bem (3). Se quiser usar goiabada tipo cascão, derreta no fogo com um pouco de água até dar o ponto – deve ficar bem cremosa e firme. Divida a mistura em forminhas de louça próprias para suflê (4) e leve ao forno preaquecido a 160ºC por aproximadamente 10 minutos ou até subir. Aumente a temperatura do forno no final da cocção para dourar o suflê. Retire o suflê do forno (5) e sirva imediatamente com a calda fria.

Anúncios