Comidas levinhas

Adoro comer, mas preciso parar de engordar. Difícil, né? Mas vou tentar me ajudar. Pra começar, o tempo das massas no Mamma Rosa – aquele restaurante do Cosme Velho – acabaram. Isso tá com cara de mentira. O garfo, melhor do que ninguém, sabe que eu naõ vou resistir a uma boa taça de vinho e um pratão de espaguete a matriciana.

Mas para ir inspirando, eu achei umas receitas que parecem boas no site da revista Boa Forma. Duro é encarar aquela mulherada linda, falando da dieta milagrosa que resolveram fazer para ficar com um corpão daqueles.

Olha só que legal essa receitas de Tacos de alface: (tá bom… tacos de alface não podem ser tudo isso!)

:: TACOS DE ALFACE ::

ingredientes
• 1 xíc. (chá) de queijo cottage (ou ricota) n 1 col. (sopa) de cream cheese
• 1 col. (sopa) de pimenta vermelha picadinha
• 3 col. (sopa) de palmito picado
• 3 col. (sopa) de azeitona preta picada
• 1 tomate pequeno em cubos
• 1/2 xíc. (chá) de Doritos picados
• Sal e pimenta a gosto
• 4 folhas inteiras de alface-americana

faça assim
Misture todos os ingredientes, menos as folhas de alface. Recheie-as com a mistura e sirva.
Rendimento: 4 porções
Calorias por porção: 151

Vantagem para a alface:
Quanto mais verdinha, mais vitamina C, betacaroteno e flavonóides (substâncias anticancerígenas) ela tem. Possui efeito sedativo e é imbatível no chá contra insônia. Rica em celulose, uma fibra insolúvel, regulariza a função intestinal, além de dar a sensação de saciedade.
Ponha no seu cardápio: 1 xíc. de chá (9 cal), diariamente

Pimenta vermelha, poderosa: É antiinflamatória e analgésica. Contém vitaminas A e C, poderosos antioxidantes, e capsaicina, substância que dá o sabor ardido e estimula o metabolismo — pode ajudar a emagrecer! Protege as paredes do estômago contra os efeitos do álcool e da aspirina, segundo a Universidade de Graz, na Áustria. Diminui o colesterol e o triglicérides no sangue e previne resfriado.
Ponha no seu cardápio: 1/2 pimenta (4 cal), três vezes por semana

Anúncios