Meu dicionário Xing Ling

Vão começar as Olimpíadas. Durante um tempão todo mundo só vai olhar para a China. Aproveitei que comida chinesa é boa demais e fui procurar receitas típicas pra colocar aqui. Encontrei pato caramelado, macarrão com tintura de polvo lula e até salada de flor de lótus.

Mas no topo de uma lista de restaurantes estava o Translate Server Error. Cocei a cabeça e queimei a mufa até entender que o coitado do dono estava fazendo o possível para que o seu humilde estabelecimento fosse freqüentado pelos turistas que já lotam Pequim.

O problema foi que, além de não entender patavinas de inglês, ele ainda traduziu o nome do restaurante em algo como: “Servidor de tradução com problemas”. O pior foi gastar uma grana para imprimir um banner e ainda pendurar na porta de entrada! Não dá pra confiar em tradutores on line.

Erros como esses são cada vez mais freqüentes num país que está se abrindo pro turismo e entrando na onda da globalização. Os cartazes abaixo não são de restaurantes, mas podem ser encontrados por toda a cidade.

Qual seria o esporte praticado lá na Terra Média?

“Proibido divertir-se”. Democracia realmente não é o forte dos chineses.

“Cuidado com as pessoas”. Essa podia rolar aqui no Brasil também.

“Escorregue com cuidado!”. Quanta meiguice dos chineses, não?

“Mantenha a cadeira em posição e a mesa limpa depois de MORRER. Obrigado pela sua CORPORAÇÃO”. Claro, entendi. Morra com limpeza!

Anúncios